Facebook – Grupo de facebook onde jovens imitam senhores na internet viraliza


Um grupo de facebook onde jovens fazem publicações se passando por senhores e senhoras que cometem erros ao utilizar a internet viralizou nas redes sociais. “Grupo onde fingimos ser idosos confusos com a tecnologia” atingiu 394 mil membros em dois meses. 

<span class="hidden">–</span>Facebook

A administradora Nathalia Oliveira afirma que o sucesso do grupo vem da novidade de seu formato, o chamado role play — expressão em inglês para “fazer um papel” — no qual o usuário se passa por um personagem. “Esse tipo de grupo não existia no Brasil, é uma febre gigante nos EUA. Quem não gosta de vestir um personagem para fazer graça?”, diz a jovem que mora nos Estados Unidos há dois anos. O criador do projeto, Carlos Silva, se inspirou em um grupo americano de mesma função e resolveu criar a versão brasileira. 

 A administradora afirma que a intenção do grupo não é de humilhar ou diminuir os idosos, pelo contrário. “A gente acha fofo o esforço que eles fazem. Para nós o role play é uma forma de nos aproximarmos, de tentar entender o lado deles”, diz Nathalia. A moderadora do grupo, Maria Clara Fonseca afirma que a adesão de pessoas acima dos 40 anos têm aumentado. “Eles entendem que é uma sátira e se divertem junto.”

A moderadora se inspira em sua avó para criar os posts e fazer os comentários e acredita que a maioria dos membros faz o mesmo. “Eu vejo a forma que ela conversa com as amigas, o cuidado que tem com a casa fazendo crochê para decorar tudo”, diz. 

<span class="hidden">–</span>Facebook

Nathalia conta que um dia a vizinha de sua avó publicou uma foto de um homem pelado no feed dela achando que estivesse mandando por inbox. A senhora entrou em desespero e fez com que a neta viajasse 30 quilômetros para apagar a postagem. Pela demora acabou pedindo que sua outra neta, de onze anos, excluísse antes de Nathalia chegar. São nessas confusões que os membros se baseiam. Maria conta que sua avó assiste todas as novelas que passam na televisão, em todos os canais, e que quando os horários batem ela coloca para gravar em outro aparelho. Para deixar a senhora nervosa basta que um dos netos apague a gravação sem querer.  

A explosão do grupo aconteceu depois de ter sido divulgado em uma página de mêmes por um dos membros. Eles foram de 800  para 10.000 membros em 24 horas. E em 4 dias chegaram aos 100.000 participantes. “A gente tem a maior dificuldade para aceitar post, tem muita gente mandando”, afirma Nathalia. Ao todo são 16 pessoas entre moderadores e administradores para gerenciar a conta, e ainda assim eles têm dificuldades. “Precisa de muito tempo e paciência”, diz.   

Veja também

  • SaúdeFacebook e Instagram limitam conteúdo sobre álcool e tabaco24 jul 2019 – 16h07
  • EntretenimentoQuem é Johnny Bravo, o personagem citado por Jair Bolsonaro6 ago 2019 – 18h08

A ideia começou como uma brincadeira, os criadores não imaginavam o tamanho que o grupo poderia tomar. Até o momento a conta não é monetizada, e os planos, segundo a administradora são esperar o grupo se estabelecer, para pensar nisso depois. “Temos que ter certeza que não é só uma febre”, afirma.



Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *